Entre-Rios Jornal Online

Três Rios

40 mil cabeças de gado deverão ser vacinadas contra a febre aftosa em Três Rios e Paraíba do Sul

02 de Janeiro
17:05 2007

Embora a pecuária não seja o setor mais forte da economia do Centro-Sul Fluminense, os dois principais municípios da Microrregião reúnem quase 40 mil cabeças de gado, entre leiteiro e de corte.

Por conta disso o escritório regional da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro e as Coordenadorias municipais de Vigilância Sanitária intensificarão o acompanhamento da vacinação contra a Febre Aftosa, que acontece em março, com o lançamento da Campanha Anual de Vacinação e Erradicação, que tem o objetivo de manter o rebanho bovino livre da doença e apto a atender aos mercados nacional e internacional, com o fornecimento de carne material genético (sêmen, embriões, matrizes e reprodutores).

Em Três Rios estão dois dos principais frigoríficos exportadores do Estado do Rio de Janeiro. As cidades possuem 40 mil cabeças de gado. Três Rios possui um rebanho de 15 mil cabeças, sendo 13 mil de corte e 2 mil de gado leiteiro que produzem 3,387 milhões de litros por ano. Paraíba do Sul possui 25 mil cabeças de gado, sendo 22.500 de corte e 2500 para a produção leiteira, que chega a 4,690 milhões de litros por ano.

Compartilhar

Veja Também

Comentários

Jornal Impresso

Enquete

Se eleito, o que o candidato a governo do Estado deve priorizar?

Curta o Entre-Rios no Facebook